Espero que você goste desse artigo.

Se você quer minha ajuda para aprender aerografia, clique aqui.


O que é Aerografia e para que serve?

O QUE E AEROGRAFIA E PARA QUE SERVE?

Você sabe o que é aerografia?

Por muito tempo pensava que aerografia era o mesmo que o graffiti, mas nem fazia ideia que estava completamente errado...

Depois de muitos anos de estudo sobre a técnica da aerografia pude chegar em uma conclusão fácil que qualquer pessoa possa entender e conseguir aplicar em seus trabalhos no dia a dia.

Diferente do que muitos acreditam a arte da aerografia é algo totalmente diferente do graffiti, porém, tem alguns aspectos similares.

Se você não sabe o que é aerografia continue lendo, e vou te explicar o que é, o que você precisa para começar e as principais técnicas que deve usar.

Conseguindo fazer seus desenhos em diversas superfícies como em carros, motos, paredes e até mesmo camisetas.

Se você quer começar na aerografia do jeito certo, aqui está o que vai aprender:

O que é Aerografia?

A aerografia é uma técnica de pintura e ilustração semelhante ao grafite, mas a ferramenta que se utiliza é aerógrafo, compressores e pistola de pintura para fazer os desenhos.

O grafite é muito parecido, devido o uso de latas de spray que lembra os compressores e os aerógrafos, que também permitem realizar traços finos proporcionando ótimos resultados.

Estudiosos da arte dizem que a aerografia surgiu na pré-história, quando homens da caverna assopravam pigmentos de tinta através de tubos derivados de ossos de animais e bambus.

Na época, foi utilizada na indústria fotográfica do século XVIII como equipamento de retoque de fotografias, posteriormente, sua utilização se deu ao nível industrial para pintura de peças e acessórios.

Hoje em dia, é utilizado em diversas áreas como:

  • Modelismo
  • Artes gráficas
  • Personalização de motocicletas
  • Capacetes
  • Aplicação de bronzeamento a jato
  • Carros e seus acessórios
  • Aplicações em funilarias diversas
  • Aplicação de tatuagem temporária
  • Realização de maquiagem
  • Pinturas em MDF
  • Pulverizações em geral.

Cada uma dessas áreas utiliza da técnica da aerografia para se conseguir o resultado com mais facilidade, mantendo sempre a qualidade e acabamento superior a outras técnicas de pinturas que são geralmente usadas.

Essa é uma explicação básica do que é a aerografia, podendo ser algo muito mais complexo do que muitos imaginam, isso devido às técnicas semelhantes e podem confundir quem está começando.

Quais equipamentos são necessários?

QUAIS EQUIPAMENTOS USADOS NA AEROGRAFIA

Diferente das técnicas de pinturas tradicionais que utilizam de vários acessórios e ferramentas para conseguir executar seja para fazer um desenho ou pintura.

Os principais equipamentos para aplicar a técnica da aerografia são:

Vamos nos aprofundar em cada um dos itens acima detalhadamente, assim permitindo perceber as diferenças e como essa técnica de pintura pode tornar a execução dos seus desenhos e pinturas muito mais fáceis e profissionais.

Os melhores aerógrafos para aerografia?

OS MELHORES AEROGRAFOS PARA AEROGRAFIA

O Aerógrafo é o principal instrumento utilizado para aplicar essa técnica de pintura, por ser muito similar a uma caneta, contem um reservatório de tinta sendo ligado a uma mangueira de ar comprimido.

O primeiro aerógrafo foi inventado em maio de 1878, pelo americano Abner Peeler. Três anos mais tarde, em 1881, Peeler vendeu os direitos de sua invenção para Liberty Walkup por US$ 700 (setecentos dólares).

Em 1883 surgiu a Rockford Air Brush Company, fundada por Walkup para fabricar o primeiro aerógrafo e comercializá-lo ao mundo.

Atualmente existem inúmeras marcas de aerógrafos, nacionais e importados podendo custar mais de R$ 2.000,00 um modelo de alta precisão.

No Brasil é difícil encontrar empresas com foco total nesse ramo, porem recentemente uma das maiores empresas de aerógrafos no mundo, Anest Iwata começou a fornecer os principais modelos em nosso país.

Assim, permitindo qualquer pessoa a ter acesso aos melhores aerógrafos com a mais alta tecnologia.

Mas antes você precisa saber que existem dois modelos de aerógrafos diferentes, os modelos de aerógrafos de dupla ação e de ação simples.

Se você não sabe qual é o modelo de aerógrafo ideal, recomendo a leitura do conteúdo onde explico com mais detalhes o que é um aerógrafo?

Assim, vai saber qual modelo escolher para fazer seus desenhos e pinturas usando a técnica da aerografia...

Caso você queira se aprofundar mais no assunto recomendo que leia o guia completo sobre os modelos de aerógrafos nacionais e importados para aerografia.

Os 3 modelos de compressores para aerografia

OS 3 TIPOS DE COMPRESSORES PARA AEROGRAFIA

Para se conseguir executar e aplicar a técnica da aerografia de forma profissional é preciso utilizar compressores com pressão entre 15 á 50 psi, necessário apenas para grandes trabalhos o uso de grandes cilindros de ar.

Existem manômetros, reguladores de pressão entre o reservatório de ar comprimido e a mangueira que envia ar ao aerógrafo, dessa forma alimentando o aerógrafo corretamente para pulverizar a tinta na superfície.

Os compressores mais comuns de se encontrar para executar e aplicar a técnica da aerografia, pode variar em três modelos diferentes, possibilitando usar o aerógrafo facilmente.

Os três principais modelos são:

  • Compressores de ar direto
  • Compressores de ar com reservatório
  • Compressores de refrigeração

Meu objetivo aqui é te apresentar as informações principais, para que você possa compreender o que é realmente importante ter para começar na aerografia.

Para se aprofundar no assunto sugiro seguir as orientações e assim ter mais clareza sobre cada um dos itens mencionados aqui.

Vamos entender agora sobre os 3 modelos de compressores que é facilmente encontrado para se fazer aerografia.

O que é um compressor de ar direto?

O compressor de ar direto não conta com um cilindro de armazenamento, gerando ar diretamente dos pistões e enviando para o aerógrafo ou pistola de pintura. Alguns modelos têm como função o desligamento automático o que pode tornar o uso mais fácil para iniciantes.

Esses modelos de compressores são os modelos mais básicos para se usar para aplicar e aprender a técnica da aerografia, podendo fazer desenhos em diversas superfícies diferentes.

Por não ter um reservatório, o ar é emitido diretamente dos pistões (ou outros sistemas geradores de pressão) para a mangueira, alguns possuem um filtro de ar para eliminação de bolhas de água que se condensam neste processo.

A grande vantagem desses modelos de compressores é seu tamanho e peso podendo ser transportado facilmente.

Alguns modelos como Onetools, Wimpel, Schulz e JetMaster, podem chegar a emitir um ruído com cerca de 60 a 80 decibéis em ambientes fechados, o mais indicado para quem mora em apartamento.

O que é um compressor de ar com reservatório?

Um compressor com reservatório, permite o uso de equipamentos com alto consumo de ar, sem a perda de performance ou que tenha flutuação de pressão durante o trabalho de pintura e, ao mesmo tempo, faz com que o motor não trabalhe constantemente prolongando a vida útil do equipamento.

Para quem busca realizar e aplicar a técnica da aerografia de forma profissional, é importante usar os melhores equipamentos, esses devem conter um reservatório de ar.

Os modelos de compressores com reservatório de ar, é o mais utilizado pelos artistas que tem como objetivos financeiros e profissionais.

Permitindo fazer trabalhos grandes e pequenos sem se preocupar com a carga de trabalho diária.

Este modelo de compressor armazena geralmente de 20 a 200 litros, possuem tamanho e peso maior, tem como vantagem a vazão de ar superior e sua desvantagem fica por conta de seu peso e manutenção, por exemplo, a drenagem e limpeza dos filtros.

Alguns modelos podem chegar a fazer muito barulho principalmente em locais fechados, ficando entre 65 e 100 decibéis, esse é um dos equipamentos que não é muito recomendado se você mora em apartamento.

O que é um compressor de refrigeração?

Os compressores de refrigeração são usados em diferentes seguimentos industriais para produzir a refrigeração e o controle térmico proporcionando as mudanças de estado físico para o estado de fluido gás refrigerante, controlando a temperatura de materiais e ambientes.

Utilizados em geladeiras, ar condicionado, freezers ou em consultórios como dentistas.

Esse compressor que é uma variante dos compressores de “ar direto”, foi desenvolvido na década de 1990 de forma puramente artesanal e improvisada.

Tem como principal vantagem, a baixa emissão de ruído, entre 30 a 40 decibéis (o som de uma geladeira ligada), com um peso que pode variar entre 7,5 kg á 10 kg, pode ser uma boa alternativa para iniciantes no ramo da aerografia.

Esses modelos de compressores vem ganhando espaço entre os artistas amadores e profissionais, por ser facilmente transportado e silenciosos.

A principal desvantagem desses modelos é sua fabricação ser artesanal, o que pode causar sérios danos físicos se for feito de forma errada, podendo chegar a explodir, machucando pessoas próximas gravemente.

Recomendação importante: se você não tem experiencia com a fabricação de compressores artesanais, recomendo que contrate um especialista para não danificar seu aerógrafo ou correr o risco de explosão.

Para conseguir definir o modelo de compressor ideal para fazer aerografia é importante analisar alguns fatores que vai impactar na escolha do modelo ideal.

E recomendo que leia o guia completo sobre os compressores para aerografia e assim vai entender os principais fatores que deve analisar para escolher o modelo perfeito para seu uso diário.

Evitando fazer investimentos altos e desnecessários, comprando alternativas que não vai suprir a necessidade para fazer seus desenhos e pinturas no dia a dia.

As tintas ideais para usar no aerógrafo

AS TINTAS IDEAIS PARA USAR NO AEROGRAFO

As tintas utilizadas na aerografia são geralmente tintas a óleo, devido o fato de ser facilmente diluída em matérias solventes e diluentes a base de cloreto de zinco como o thinner e aguarrás, além de se misturar com outras colorações facilmente.

Atualmente muitos artistas do ramo de personalização, utilizam tintas de pintura automotiva (base poliéster, nitrocelulose, acrílico e até poliuretano), pela facilidade de compras disponíveis em casas de tintas e tem uma variedade de cores e até mesmo fórmulas prontas em máquinas tinto métricas.

São realizados misturas para se conseguir a cor ideal, a tinta não pode ser muito espessa, devido o fato de poder não fluir corretamente no aerógrafo, por ter uma passagem de fluido muito fechado.

Alguns estúdios de aerografia mais equipados, possuem laboratório de design de cores, como um diferencial importante para a composição e especialmente criação de novas cores muitas vezes exclusivas.

Em especial após a criação dos pigmentos produzidos por nanotecnologia (cristais) citando como exemplo as linhas PPG Liquid Crystal.

A base é uma resina incolor ou quase incolor, ou seja, o material da tinta sem o pigmento, como o verniz.

Servem para preparação da área a ser pintada como o primer, e para o toque final utilizando o verniz incolor, dando brilho ao trabalho.

Existem diversos vernizes para acabamento, entre eles fosco, emborrachado, cerâmico nanotecnologia aeroespacial, epóxi entre outros.

A maioria dos vernizes de maior resistência química e mecânica, é composto por dois componentes químicos (verniz + catalisador) onde após a reação química causa a cura formando em uma película, apresentando todos seus atributos e virtudes que seria o brilho e também a proteção da pintura.

Para conhecer mais a fundo as principais tintas que pode e deve usar para fazer seus desenhos em carros, motos, capacetes, camisetas e couros, recomendo a leitura do guia completo das tintas ideais para aerografia.

Nesse guia vou te mostrar as principais tintas que uso e já usei para fazer meus desenhos e pinturas com o aerógrafo e conseguir o melhor resultado em diversas superfícies diferentes.

Às duas técnicas de pintura mais usadas na aerografia.

AS DUAS TECNCIAS DE PINTURA MAIS USADAS NA AEROGRAFIA

Por ser uma técnica que precisa de uma certa adaptação no começo, depende muito do conhecimento do artista do que da qualidade dos equipamentos.

A maior dificuldade de quem está buscando aplicar essa técnica é entender como usar o aerógrafo para conseguir liberar a tinta do jeito certo para realizar traços finos, detalhes e até mesmo fazer uma pintura uniforme sem deixar manchas.

O que pode levar muito tempo, caso não tenha acesso às técnicas certas...

Alguns trabalhos exigem grande preparo do artista do que outros que pode ser facilmente executado, podendo influenciar na forma de aprendizado como no trabalho comercial.

Os resultados, porém, costumam compensar a dificuldade gerada no começo.

Por ser uma arte sofisticada e apresenta detalhes refinado, diferentes de outras técnicas de pinturas que podem ser consideradas mais rusticas.

Diversas técnicas são aplicadas ao trabalhar com aerografia, no entanto, os aerógrafos possuem modelos distintos, com características adequadas a cada propósito de aplicação.

Ainda, vale mencionar que o resultado de uma pintura depende de como se apresenta a superfície a ser pintada.

Em geral, é necessária uma preparação minuciosa da superfície, assegurando a uniformidade do resultado, já que o brilho do verniz de acabamento ou até mesmo ondulações, podendo tornar evidente falhas e irregularidades na superfície após o trabalho concluído.

O fator mais importante na preparação da superfície está ligado à aderência, importante e fundamental para a execução das pinturas e desenhos que necessita das técnicas de mascaramento e filetamento.

Deixe te apresentar às duas técnicas mais usadas para a realização dos desenhos na aerografia e se for dominada com excelência, vai conseguir grandes resultados em seus trabalhos.

A técnica dos stencil na aerografia

A TECNICA DOS STENCILS PARA AEROGRAFIA

O estêncil é uma técnica de pintura que usa recortes de figuras em cartolinas ou materiais plásticos denominadas máscaras de pintura.

São colocadas na superfície a ser pintada e você preenche com a tinta, assim, obtendo o formato recortado da máscara, projetando na superfície.

O estilo de pintura com máscaras é muito similar a como usar uma régua, porém desenvolvido especialmente com o formato necessário do desenho, facilitando e acelerando no processo de pintura.

Essa é uma das técnicas mais utilizadas para se aprender a aerografia, pois, permite que qualquer um que não tenha conhecimento ou habilidade em desenhar possa fazer ótimos desenhos.

Conseguindo produzir trabalhos muito profissionais em diversas superfícies como em carros, motos, capacetes, camisetas e muito mais.

Dessa forma conseguindo realizar o sonho de viver da sua arte ou até mesmo ter uma renda extra no final do mês com trabalhos simples e pontuais.

A forma para se criar e desenvolver os seus próprios stencils é simples, porém alguns desenhos podem levar horas ou até mesmo dias, tudo está ligado ao nível de complexidade do desenho.

Essa técnica por ser simples permitiu que eu começasse na aerografia e após alguns meses de prática conseguir os meus primeiros clientes desenhando em capacetes, peças de motos, usando desenhos simples.

Em menos de 1 ano já paguei todos os equipamentos que comprei e assim poderia continuar praticando e realizando desenhos sem muita complexidade para manter uma renda extra.

Foi assim que comecei na aerografia, porém após dominar o uso dos stencils e também de como era fácil executar um desenho em peças pequenas de motos, comecei a me aprofundar nas técnicas mais avançadas.

Possibilitando fazer desenhos mais elaborados, cheios de detalhes e com a mesma facilidade.

Claro que não foi da noite para o dia que desenvolvi a habilidade necessária para conseguir começar a ganhar dinheiro com essa arte.

Como na época tinha poucas pessoas ensinando sobre, acabei buscando por conta própria através de métodos ensinados em outros países e assim consegui desenvolver meu processo de pintura e de estudo.

São mais de 7 anos estudando e testando diversas técnicas de pinturas para saber o que realmente funciona e o que não funciona e após muito esforço e dedicação, cheguei em um método fácil de aplicar.

Esse é um método que vou falar em outro conteúdo, vamos focar no que realmente você precisa para conseguir fazer seus desenhos de forma rápida usando esse método de pintura.

Como pode perceber a técnica dos stencils, é incrível e fácil de aplicar, mesmo em diferentes superfícies...

Para você entender como essa técnica funciona, veja o desenho que fiz dos Irmãos Metralha e como é fácil fazer um trabalho usando essa técnica de pintura.

Caso queira se aprofundar nessa técnica recomendo que leia o conteúdo onde explico detalhadamente o que é preciso para criar e cortar seus stencils para aerografia.

A técnica freehand na aerografia

A TECNICA DO FREEHAND PARA AEROGRAFIA

A técnica do freehand é uma técnica que permite você ter a liberdade para criar e realizar seus desenhos com o aerógrafo, dessa forma você usa de efeitos, combinações de cores, luz e sombras para compor o seu desenho sem deixar manchas.

Diferente da técnica dos stencils que você tem a ajuda de recortes para auxiliar na execução do desenho, a técnica do freehand é totalmente diferente e para conseguir dominar pode levar meses ou até mesmo anos de prática.

A base dessa técnica é você não usar recursos externos, porém em alguns casos pode ser necessário e não existe certo ou errado, o importante é você ter uma forma livre para melhorar e destacar partes importantes do seu desenho com facilidade.

Por ser uma técnica muito avançada, é recomendado para iniciantes o uso dos stencils, pois vai conseguir se familiarizar com o aerógrafo mais rapidamente podendo avançar nos estudos.

Após esse período de familiarização com o uso do aerógrafo, podemos começar a usar essa técnica para melhorar nossas habilidades, mesmo que ainda usemos os stencils como técnica principal para fazer nossos trabalhos.

Usando essa técnica vai conseguir melhorar suas habilidades muito mais rapidamente para fazer qualquer desenho seja um desenho animado ou realista, vai conseguir fazer detalhes, traços e efeitos muito mais rapidamente em diversas superfícies diferentes.

Quando comecei, tive muita dificuldade em me acostumar com essa técnica, porque além de tremer muito, tive muito trabalho no preparo das tintas que é um fator importante para conseguir fazer os traços finos sem usar stencil.

E após alguns dias de aplicação, sem esperar bons resultados no começo...

Comecei me sentir mais confiante para fazer desenhos mais difíceis sem o uso do stencil, essa foi uma base importante que pratiquei e ainda pratico para melhorar e manter minhas habilidades em alto nível.

O ponto principal dessa técnica é ajudar você a melhorar suas habilidades, e assim possibilitar combinar com outras técnicas que já domina, fazendo trabalhos comerciais, conseguindo extrair o melhor resultado.

Você pode ver um dos desenhos que geralmente gosto de usar para aplicar essa técnica, me ajudando a manter minhas habilidades sempre em alto nível.

Se você quiser se aprofundar mais sobre esse método de pintura, você pode ver o guia completo que preparei sobre a técnica do freehand, aqui mostrei apenas um parte bem básica de como essa técnica pode ser útil para fazer seus desenhos no dia a dia.

Conclusão

Para concluir é muito importante que você siga as orientações apresentadas, porque muitos dos conteúdos liberados no YouTube, Facebook e Instagram, pode não apresentar todos os detalhes importantes que deve analisar.

Meu objetivo é te ajudar a avançar no processo com a maior facilidade, e para isso deixei vários outros conteúdos complementares que vai te guiar da melhor maneira em cada detalhe que apresentei.

Seguindo as orientações citadas até aqui, vai aprender o que é um aerógrafo, quais as principais diferenças e como escolher o melhor para começar.

Sem contar que ter apenas o aerógrafo não é o suficiente, por isso criei um guia completo onde explico detalhadamente sobre os melhores compressores para aerografia e o que deve saber antes de comprar para fazer essa arte.

Até esse momento já deve ter um valor financeiro definido para investir, porém, vai depender do trabalho e das ferramentas que vai usar, mas garanto que será um valor único, permitindo que você faça seus desenhos e pinturas com qualidade profissional.

E por último, te apresentei duas técnicas incríveis para começar nessa arte e já fazer os seus primeiros desenhos...

Com essas técnicas vai desenvolver suas habilidade mais rapidamente e assim aprender de forma prática, conseguindo fazer os seus primeiros desenhos.

Por isso, é muito importante você não só aplicar, mas também caso tenha alguma dúvida, pode me dizer nos comentários logo abaixo, assim consigo manter esse conteúdo sempre atualizado para você consultar sempre que precisar.

Pronto para começar?


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>